Livro da Semana: Drácula- Bram Stoker

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A febre de livros de vampiros de 2008 ainda não foi completamente esquecida. E apesar de gostar dos livros da saga crepúsculo (acho o Edward sim doa a quem doer), vejo que os vampiros de Stephane Meyer são um pouco (POUCO?) decaracterizados. Gosto mais da visão de Deixe-me entrar ou do livro que li essa semana: Drácula. Pois os dois mostram o vampiro como ele é na essência do mito, um ser condenado e amaldiçoado a uma vida nas trevas.

O livro portanto não é um romance juvenil,mas uma história de amor, lealdade e honra surpreendente.O livro é construído por meio de diários, cartas e recortes de jornal. e apesar de ser contado através de vários pontos de vista não há quebra no ritmo do livro. Apesar desse ritmo ser um pouco lento, e por vezes maçante, a história não te deixa parar de ler, a personagem de mina é apaixonante, a coragem, inteligência dessa mulher contagiam, apesar das restrições culturais que ela sofre.

Enfim se você curte histórias de vampiros e afins deveria muito ler o livro, pra conhecer a essência do mito. A história que inspirou tantas outras. Mas se não faz teu tipo de histórias também não é uma leitura obrigatória. Então 4 coraçõezinhos para ele

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Já passaram por aqui…

    Contador de visitas
%d blogueiros gostam disto: